Campeonato de som automotivo: entenda como ele funciona

Campeonato de som automotivo: entenda como ele funciona

Um bom amante de veículos customizados, certamente, fica antenado com todas as novidades que surgem no mercado automotivo e quer entender melhor as tendências em matéria de personalização, não é mesmo?

Afinal, dá uma sensação muito boa mostrar para os amigos um carro bem equipado e preparado para curtir de verdade pelas ruas, passeando, viajando e aproveitando a vida ao máximo.

Uma das formas de alcançar um bom status entre os carros tunados é possuir boa aparelhagem de som. Aliás, você sabe como funciona um campeonato de som automotivo? Veja neste post tudo o que você precisa conhecer!

Como funciona?

Tudo começou na década de 1980, nos Estados Unidos, quando os primeiros campeonatos foram criados no intuito de evidenciar os carros que tinham maior potência aliada à qualidade do som, e isso fomentou os fabricantes e lojistas a divulgarem ainda mais os seus produtos.

Já no Brasil, existem várias competições de som espalhadas por vários estados, e o critério mais utilizado de avaliação é o de Sound Pressure Level (PSL), um índice de pressão acústica. O veículo vencedor é aquele que gera maior pressão sonora no seu interior.

Nessa modalidade, cornetas, tweeters e drivers têm a sua utilização proibida para não prejudicar a auditoria dos juízes. O microfone é fixado no lado direito da parte frontal do veículo para captar os decibéis.

Como participar?  

As especificações no regulamento devem ser seguidas. É preciso pagar a taxa estipulada e ter consciência de que o dinheiro da inscrição não será devolvido. Portanto, em caso de desistência, será preciso comunicar aos responsáveis pelo evento.

No ato da inscrição, o participante já autoriza que sejam divulgados os dados na competição, além das fotos dos carros em revistas, jornais e sites especializados.

Os participantes devem ter cuidado com a exposição aos altos volumes emitidos pelos equipamentos. Por isso, é recomendado que cada um se responsabilize pela segurança de sua audição, utilizando devidamente os protetores.

Quais são as categorias?

Para que haja organização na hora de conferir os resultados de cada competidor, são definidas categorias que respeitam o nível de aparelhagem que os veículos possuem e a potência de cada um deles para ficar uma disputa justa entre todos. 

Para melhor ilustrar isso, citamos algumas informações das seis categorias existentes na maioria dos campeonatos:

Light

Os acabamentos originais, presentes no porta-malas, até podem ser retirados do carro, no entanto as caixas e os fios encapados precisam estar organizados. Os bancos podem ser reclinados, mas não removidos, e é proibido usar distribuidores de energia.

Intermediário A

Permite a utilização de até dois módulos de potência. Assentos e encostos devem permanecer no veículo devidamente aparafusados como de fábrica. 

Além disso, pode-se utilizar música ou frequência, só que o equipamento precisa estar fixado no painel.

Intermediário B

São permitidas até três baterias contando 14 volts e podem ser instaladas em local que não seja o original, como acima do assoalho, antes dos bancos dianteiros ou no porta-malas mesmo.

Intermediário C

Há a possibilidade de customizar o teto do carro, podendo ser utilizados dois módulos de potência. As mantas e espumas são autorizadas nas laterais do carro, no painel traseiro e até no teto, mas no porta-malas não pode.

Super

A altura dos alto-falantes não pode ultrapassar a dos bancos traseiros em posição de 90°. O painel precisa ser original e sem furo algum, não havendo qualquer obrigatoriedade de acabamento, mas o sistema de som precisa ter segurança.

Extreme

Subdividido em A, com até 20 mil watts de RMS, e B, tendo mais que o valor anterior. As alterações são permitidas, na espuma injetável, escotilhas, concreto, entre outras situações.

É importante lembrar que o equipamento utilizado para medição dos decibéis será um RTA-30, tendo um sensor de M8, com capacidade de captar até 179 dB.

Apesar de o SPL ser o mais procurado, principalmente por patrocinadores, existem outros critérios de avaliação, como verificação, alarme, instalação e qualidade do som.

Gostou das informações sobre campeonato de som automotivo? Sendo assim, compartilhe o conteúdo em suas redes sociais e chame os seus amigos para disputar e ver quem tem o melhor carro em matéria de som! Até a próxima!

Sem comentários

Cancelar