Carro vermelho

4 dicas de customização de carro para deixar do seu jeito

O volume de carros iguais vendidos todos os dias impressiona. No primeiro semestre de 2017, a Chevrolet vendeu 28.135 unidades apenas da versão Joy do Onix, por exemplo, segundo a revista Quatro Rodas. Externamente, a única diferença desses veículos é a cor. Portanto, nada melhor do que utilizar a customização de carro para deixá-lo do seu jeito.

Para quem gosta de automóveis, andar com um carro igual a todos os outros não é uma sensação nada agradável. Apenas quem tem essa paixão entende o significado de se diferenciar por meio de uma customização de carro bem-feita.

Seguindo as dicas abaixo, não tem erro, mas, antes de começar, veja uma recomendação que faz muita diferença na customização de carros.

Faça o seu projeto

Para não perder dinheiro em alterações que deverão ser desfeitas futuramente, elabore um pequeno projeto, colocando no papel tudo o que deseja customizar no seu carro, em etapas. Isso facilita a separação do dinheiro necessário para a compra dos acessórios e evita desperdícios em instalações desnecessárias.

Agora sim, descubra as 4 dicas para personalizar o seu carro e se destacar no meio de tantos automóveis iguais!

1. Invista em um som de qualidade

Customização de carro sem mexer no som não existe! Quem é fanático por automóveis sabe como os aparelhos de som originais são ruins, exceto por raras exceções. Ao instalar um som no seu carro, é preciso pensar em quatro características para escolher melhor os produtos:

  • qualidade sonora;
  • som interno ou externo (Porta malas);
  • potência;
  • conforto e facilidade de utilização.

Assim, fica mais fácil de comprar. Por exemplo: pessoas que gostam de qualidade sonora devem priorizar alto-falantes médios em conjunto com filtros e conversores. Quem dá mais valor à potência precisa ficar atento aos amplificadores, caixas de grave e cornetas.

Além disso, se participa de campeonatos ou gosta de animar a turma com o som automotivo, não se esqueça de um controle de longa distância, onde é possível comandar o som de fora do veículo. Já quem gosta de conforto pode adquirir controles de som para o volante, que permitem ter acesso às principais funções do aparelho sem tirar as mãos da direção.

2. Envelope a pintura

Use a sua criatividade para deixar o carro com a sua personalidade. As tecnologias de envelopamento atuais permitem uma grande variedade de cores, acabamentos e impressão de imagens. Você pode deixar o carro fosco ou fosforescente, por exemplo. É possível também imprimir imagens e logos nos adesivos para estampar a lataria e deixar o seu carro inconfundível.

3. Troque as rodas

Um item que faz muita diferença no visual de um carro personalizado é o conjunto de rodas. Por ser um item de custo mais elevado, preste muita atenção ao escolher o modelo, pois existem diversas especificações que devem ser consideradas.

Verifique a furação, a tala e o off-set da roda para ter certeza que vai encaixar perfeitamente no seu carro. Se for uma roda de aro diferente da que está no seu automóvel, você terá que trocar também os pneus. Nesse caso, é importante analisar as medidas dele também, para não raspar na lataria e acabar tendo prejuízos.

4. Rebaixe a suspensão

Ao rebaixar um carro, você está alterando um dos principais sistemas do carro: a suspensão. Portanto, faça de maneira adequada. Nada de cortar elos das molas. O ideal é utilizar sistemas projetados para o seu carro, que vão deixar um belo visual mantendo a segurança.

Opções interessantes são trocar as molas originais por modelos esportivos ou utilizar um sistema a ar, com o qual é possível ajustar a altura do carro quando desejar, por meio de um controle remoto.

Pronto, agora você já começa a se diferenciar no trânsito com um carro do seu jeito. Porém, não pare por aí, pois o bacana da customização de carro é agregar novidades no veículo ao longo do tempo. Portanto, mantenha-se atualizado assinando a nossa newsletter e receba as novidades do blog e conteúdos exclusivos no seu e-mail.

Lei do som automotivo: regras, multa e mais!

Next Article

Lei do som automotivo: regras, multa e mais!

Sem comentários

Cancelar