Potência e qualidade do som: qual a diferença e como ter os dois

Potência e qualidade do som: qual a diferença e como ter os dois

Os aparelhos de som têm se diversificado cada vez mais para atender a demandas específicas, por exemplo, potência do som e qualidade do som. Você sabe qual a diferença entre esses conceitos?

Um erro muito comum entre as pessoas é pensar que a potência sonora determina sozinha a pressão ou a intensidade de volume que uma caixa de som vai produzir.

Existem diferentes tipos de combinação entre os equipamentos a fim de melhorar a qualidade e pressão sonora, contudo, é preciso entender bem seus componentes para saber como combiná-las de forma correta.

Quer entender um pouco mais sobre como ter potência e qualidade de som no seu carro? Veja a seguir!

Potência grave, média ou aguda?

Amplificadores podem ter regulagem de potências diferentes para cada frequência sonora. Assim, uma nota aguda pode demandar uma potência mais alta do que uma nota grave emitida pelo mesmo equipamento.

O ser humano consegue ouvir frequências entre 20Hz e 20MHz. O equipamento que conseguir essa abrangência de reprodução com uma taxa de distorção harmônica menor do que 1% poderá reproduzir sons de alta qualidade.

Qual é a potência do seu som?

A potência do seu aparelho pode ser representada de duas maneiras. Quando a sigla PMPO (Pico de Força de Saída Musical) é usada, significa que a potência mostrada é a de pico. Isso significa que o seu aparelho terá a capacidade para produzir certo valor apenas em picos de potência.

Já quando a potência é mostrada com a sigla RMS (do inglês root mean square), o valor passa a ser mostrado como uma média do quanto o aparelho costuma reproduzir em potência. Essa representação é mais confiável do que a categoria PMPO.

É interessante notar que o amplificador deve ter sensibilidade de potência de acordo com o resto dos equipamentos.

Caso a potência oferecida seja muito alta, mas a sensibilidade do amplificador seja regulada para uma potência mais baixa, essa potência excedente não será bem aproveitada.

O que é qualidade de som?

Qualidade de som significa poder reproduzir uma ampla faixa de frequências e em diferentes volumes sem perder as características do som. Para se ter qualidade, são necessários três itens básicos: player, amplificador e alto-falantes.

Vamos entender melhor sobre eles:

  • player: te dá uma interface de equalizações personalizáveis, ou seja, o som pode valorizar mais uma frequência ou outra dependendo da música a ser tocada, além da escolha de timbre para cada som;

  • amplificador: é o principal responsável pela potência do som. Um bom amplificador, se bem regulado em harmonia com os outros equipamentos, vai evitar distorções sonoras quando o volume for aumentado;

  • auto-falantes: necessários para transmitir qualidade de frequências específicas. Os do tipo woofers conseguem reproduzir sons mais graves. Os mid range reproduzem frequências intermediárias e os tweeters reproduzem sons mais agudos.

Com um equipamento regulado, a potência será melhor aproveitada e as qualidades do som que você procura poderão ser bem reproduzidas.

Agora que você sabe tudo sobre qualidade do som e potência de som, já pode personalizar seu equipamento para aproveitar ao máximo o que ele tem a oferecer.

Não deixe de se informar com profissionais da área sobre os parâmetros de som do equipamento, dessa forma, você saberá equilibrar a qualidade e a potência de som que você gostaria de ter.

Gostou do post? Então assine a nossa newsletter e fique por dentro de mais novidades do setor automobilístico!

 

Sem comentários

Cancelar