Saiba os cuidados que você deve ter com carros rebaixados

Saiba os cuidados que você deve ter com carros rebaixados

A personalização de automóveis é uma prática antiga, mas a popularidade desses carros é recente, propondo mais alternativas aos seus proprietários.

O desejo em modificar os veículos, aqui e acolá, deve coincidir com uma série de questões. Com isso, os modelos ganham apelo estético e, os seus condutores, segurança.

Por isso, neste post, vamos discutir os cuidados que você deve ter com carros rebaixados. Confira e descubra as principais questões que permeiam a personalização de veículos!

Dê atenção às rodas de carros rebaixados

Sem um planejamento para ter estabilidade combinada com as personalizações, o custo do serviço pode sair muito mais caro posteriormente. Bom exemplo disso são os carros rebaixados e equipados com rodas de liga grandes.

Essa desproporção faz com que a roda gire incorretamente, exigindo ajustes. Os mais comuns consistem em fazer mudanças de cambagem e até mesmo entortar o para-lama.

O ideal, nessas situações, é manter um espaço de dois dedos, aproximadamente, entre a superfície da roda e o para-lama. A suspensão a ar é uma boa pedida, também, mas falaremos mais adiante a respeito.

Tenha cuidado constante com a velocidade

Antes de entrarem em produção, os veículos passam por múltiplos testes de resistência, durabilidade, desempenho e velocidade, entre tantos outros.

Ao modificá-los, estamos interferindo diretamente nos resultados obtidos pelo fabricante, especialmente, em alta velocidade. Caso uma personalização indevida dê problema (como o estouro de um amortecedor) a mais de 100 km/h, o risco é mais elevado.

Até por isso, a periodicidade de manutenções preventivas deve ser maior. Qualquer ruído ou desconforto detectado deve ser suficiente para uma visita ao serviço especializado.

Seja cauteloso com a personalização de molas

Uma das medidas mais populares para obter carros rebaixados consiste em cortar as molas da suspensão, ou, ainda, aquecê-las.

Em ambos os casos, existem riscos. Há quem corte as molas e mantenha os amortecedores, o que privilegia a estética do veículo, e não sua segurança. O mesmo vale para a mola aquecida, cujos elos se chocam facilmente e, assim, se deterioram com mais facilidade.

Planeje as personalizações na suspensão

Proprietários de carros rebaixados podem encontrar, no mercado, 2 modelos de suspensão:

  • fixa (ou preparada);
  • móvel (ou variável);

A fixa tem popularidade porque o serviço é otimizado para que o carro fique de acordo com a legislação e não usa maçaricos ou faz cortes nas molas, que são devidamente preparadas.

Aqueles que preferem a suspensão móvel tiveram que esperar mais pela personalização. Isso porque, até 2014, elas não eram aceitas — exceto quando já instaladas de fábrica.

Hoje em dia, é possível optar pela suspensão de rosca (similar à fixa) e a de ar comprimido. A segunda funciona por meio de um compressor de ar, substituindo as molas da peça e, assim, garantindo meios de erguer e rebaixar o carro conforme a vontade do proprietário.

Conheça a legislação acerca dos carros rebaixados

Por fim, todos que se encantam com os carros rebaixados devem observar um ponto fundamental: a legislação vigente.

Dessa maneira, observe os passos necessários para averiguar se as suas personalizações pretendidas estão de acordo com o que exigem os órgãos reguladores:

  • avalie, nas resoluções 291 e 292 do Contran, de 29/08/2008, se as alterações são permitidas;
  • a solicitação deve seguir para o Detran, autorizando as mudanças nas características de fábrica do veículo;
  • a avaliação da nova suspensão deve passar, agora, pela fiscalização do Inmetro (em posse da nota fiscal dos serviços);
  • aprovado, o condutor receberá o Certificado de Segurança Veicular (CSV);
  • por fim, as mudanças devem ser registradas no Detran e no Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV).

Dessa maneira, você terá todas as conveniências, medidas de segurança e personalizações desejadas aplicadas em seu carro.

Caso queira saber mais sobre carros rebaixados, personalizações e dispositivos que deixam o veículo com a sua cara, fique de olho em nossas novidades. Para isso, siga-nos nas redes sociais! Estamos no Facebook, Twitter e YouTube!

Sem comentários

Cancelar