Som automotivo: 4 cuidados na hora de instalar

Som automotivo: 4 cuidados na hora de instalar

Para personalizar um automóvel, você sabe que é preciso ter certos cuidados para que tudo saia do jeito que você quer, desde o design, a adequação do veículo, a forma como serão instalados os novos componentes…

Por isso, faz toda a diferença escolher o que há de melhor e mais moderno no mercado e investir em um som automotivo de qualidade é essencial. No entanto, você sabe quais são as principais recomendações para a instalação? Confira a seguir 4 cuidados que você precisa ter:

1. Comprar ou não uma bateria extra?

Para uso pessoal, a bateria de um carro popular consegue aguentar quatro alto-falantes tranquilamente — o tocador (CD ou DVD player) não tem muita influência em seu consumo.

Agora, se a sua intenção for o uso em campeonatos de som automotivo, por exemplo, você precisa colocar uma bateria específica para o sistema de áudio ou trocar a do veículo por uma mais potente e eficaz. Principalmente se você instalar amplificadores e subwoofers (caixas de som para frequências mais graves).

2. Que alto-falantes escolher?

Novamente, é preciso definir o seu objetivo: Você quer apenas um bom som interno para o carro ou que a aparelhagem seja ideal para que se ouça as batidas à distância? Vale lembrar que, para ambos os casos, a Lei do som automotivo deve ser obedecida.

Identifique o tamanho dos alto-falantes que serão instalados, sendo que os de potência maior correm o risco de darem problema com a fiação original do carro. Substitua os fios antigos por alguns que sejam mais grossos, para que não haja perda da qualidade nem riscos de incêndio.

3. Quais são os cuidados necessários na montagem?

Se você quiser instalar o equipamento por conta própria, leia todas as instruções do kit de montagem e acabamento.

O primeiro passo é ter as ferramentas adequadas. Você vai precisar de um kit que tenha, dentre outros itens: chaves de fenda de diversos tamanhos, alicate descascador de fios e soquete métrico. Automóveis de algumas marcas (principalmente as importadas) exigem ferramentas especiais.

Desconecte a bateria e retire o som original com cuidado, para não causar avarias ou quebra de peças. Verifique o feixe de cabos e conecte cada cor ao seu respectivo lugar, atentando-se para o acabamento: o painel deve estar do jeito que estava antes da instalação.

Já com o rádio dentro do compartimento, ligue a bateria e comece a curtir o seu novo som automotivo!

4. Como conservar o som automotivo?

Um bom equipamento costuma ter uma vida útil bem prolongada, mas é indispensável que você tenha alguns cuidados. Nos aparelhos que reproduzem CDs, por exemplo, faça a higienização periódica do leitor, tirando não só a poeira, mas outras impurezas imperceptíveis a olho nu.

Use uma flanela macia e produtos fabricados especialmente para esse fim, caso contrário você pode danificar a sua aparelhagem. Nos alto-falantes, utilize uma lata de spray com ar comprimido.

Sempre conte com o auxílio de profissionais da área para qualquer situação que você não consiga reparar sozinho. Uma pane elétrica, por exemplo, pode acabar com a sua diversão!

Essas dicas de instalação foram úteis para você? Compartilhe este post nas suas redes sociais e que venham mais campeonatos de som automotivo!

Sem comentários

Cancelar