Que turbinar o motor do seu carro? Se liga nessas dicas!

Que turbinar o motor do seu carro? Se liga nessas dicas!

Qual proprietário de automóvel nunca quis dirigir um carro mais potente e ser admirado por onde passa? A boa notícia é que, ao invés de comprar outro veículo, é possível realizar alterações que garantem esses resultados. Por isso, além de potencializar o som automotivo, turbinar motor tem sido uma prática cada vez mais comum aos amantes de automobilismo.

Neste post, você vai aprender mais sobre as modificações em motores automotivos que conferem maior potência aos veículos, sabendo tudo o que precisa ser feito antes, durante e depois de uma modificação como essa. Ficou curioso? Então continue a leitura!

O que é um motor turbo

Motores turbo saem de fábrica no Brasil desde 1994. O primeiro foi o que equipava o Uno 1.4 Turbo, da Fiat, que entregava 114 cavalos de potência. Desde então, praticamente todas as marcas que atuam por aqui desenvolvem modelos equipados com motores de potência aumentada.

Para os motoristas que não possuem nenhum desses modelos, no entanto, a alternativa é instalar em um veículo “comum” uma turbina de injeção de ar em alta pressão no motor. Comprimindo o ar atmosférico e empurrando-o para dentro dos cilindros, os pistões descem com maior força e isso aumenta a potência final.

Vantagens

Engana-se quem pensa que turbinar motor afeta apenas a potência do veículo. Confira algumas outras vantagens:

  • redução do consumo de combustível;
  • diminuição da emissão de gases poluentes;
  • melhor desempenho do motor em grandes altitudes;
  • maior torque em giros moderados.

O que você precisa saber

Embora a prática de turbinar motor seja relativamente simples de ser entendida, ela não pode ser feita do dia para a noite, de qualquer forma e em qualquer lugar. Por isso, elencamos algumas coisas que devem ficar esclarecidas antes da modificação. Confira:

Nem todo motor pode receber aumento de potência

Turbinar motor não é apenas levar o carro a uma oficina mecânica e autorizar a realização do serviço. Dependendo da fabricante, do modelo, do ano de fabricação e do estado de conservação do veículo, realizar essa modificação pode representar um enorme risco. Por isso, é recomendado levar o carro para uma avaliação prévia.

É preciso pedir autorização ao órgão de trânsito

Toda customização em veículos precisa ser informada e solicitada ao órgão de trânsito no qual ele está registrado. Para turbinar o motor, não é diferente.

E mesmo se a modificação for autorizada, após ser feita, o motorista deve levar o carro até o Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) para que a qualidade do serviço seja analisada. Só depois disso que são emitidos o Certificado de Segurança Veicular (CSV) e novos Certificados de Registro (CRV) e de Licenciamento (CRLV).

Algumas peças internas devem ser reforçadas

Com um motor turbinado, o carro ganha mais potência. Dessa forma, a velocidade aumenta com uma capacidade de tempo muito menor que antes.

Isso quer dizer que embreagem, pistões, junta de cabeçote e principalmente os freios, além de outras peças, precisam ser avaliadas, reforçadas ou trocadas para se adaptarem à nova realidade proporcionada por um motor mais potente.

Ter um mecânico de confiança é fundamental

Pode parecer desnecessário falar disso, mas não é. Turbinar motor em locais que não são especializados nesse tipo de serviço ou não possuem boas recomendações pode ser perigoso para você e para outras pessoas no trânsito. Por isso, é preciso pesquisar bastante antes de fechar negócio.

Os valores para instalar o turno em um motor automotivo também variam bastante. Mas é preciso ter cuidado para não ser atraído apenas por um preço baixo, pois a qualidade do serviço pode ser bastante duvidosa.

Turbinar motor é a melhor opção de ter um veículo mais potente sem precisar comprar outro. Se realizada com segurança e conforme a lei, ainda traz vantagens ao meio ambiente. Agora que você já sabe mais sobre esse assunto, que tal nos seguir nas redes sociais? Dessa forma você fica por dentro de tudo o que se relaciona a esse assunto. Estamos no Facebook, Twitter e YouTube!

Sem comentários

Cancelar